A aula de marketing de Deadpool 2


A aula de marketing de Deadpool 2

Eu estou impressionado. De verdade. E é por isso que esse artigo não debate técnicas nem nada parecido. O motivo é um herói vermelho de comportamento nem tão heróico assim.

Eu não vi Deadpool 2. Quer dizer, eu só não assisti o filme, porque Deadpool 2 eu vi aos montes, em lugares que eu jamais poderia imaginar. E a única coisa que eu consigo fazer é levantar da cadeira e aplaudir a equipe de marketing do filme.

Ficou sensacional, por mais que sensacional pareça uma palavra fria demais para descrever o que os caras fizeram.

Basicamente: Deadpool 2 está tendo um dos marketings mais criativos da história do cinema. Além dos vídeos de divulgação, como esse como Rubensinho Barrichello, o mais impressionante ficou na invasão que o filme fez em Hollywood: não bastou o trailer em Os Vingadores: Guerra Infinita, eles simplesmente tomaram conta de dezenas de filmes.

No Wallmart dos Estados Unidos, por exemplo, foi relançada uma série de Blu-Rays da 20th Century Fox com a cara do Deadpool. Foram filmes como Clube da Luta, Assassin’s Creed e X-Men: Apocalipse. E a parte mais interessante é que as caixas dos 16 filmes selecionados para a ação são sortidos entre cópias originais dos longas anunciados e de Deadpool, gerando uma “surpresinha” pra quem comprasse os produtos.

Além disso, o marketing do filme criou contas no Twitter e no Linkedin para Peter, o gerente de vendas sem poderes interpretado por Rob Delaney e integrante da versão da X-Force criada pelo protagonista no segundo filme.

No Brasil, teve mais: depois de o filme ser indicado apenas para maiores de 18 anos (o que já foi revogado, baixando a classificação para 16 anos), foram impressos cartazes de divulgação do longa em que o herói acusava os menores de idade que pretendiam ver o filme. Eu achei a sacada incrível.

No fim das contas, a questão é: o trabalho está sendo primoroso. Talvez, nenhuma oportunidade tenha passado em branco. Tudo foi usado a favor de um filme que faturou na estréia da franquia mais de 783,1 milhões USD (valor que deve ser ultrapassado facilmente neste segundo filme, muito graças à mídia gratuita ganha com as ações de marketing).

O que vem à minha cabeça, quando olho encantado para tudo isso é: nós temos muito o que aprender sobre marketing. Muito.




Por
18/05/2018

Assessor de imprensa da Gramado Summit e autor de ficção da Faro Editorial. Iniciou sua carreira na comunicação em 2014, passando pelas editorias gerais antes de chegar à tecnologia.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!