Tenha cuidado ao prometer resultados na hora de buscar investimentos


Tenha cuidado ao prometer resultados na hora de buscar investimentos

O encontro com um investidor é um momento decisivo para muitos empreendedores que buscam investimentos para suas startups. Pode ser a grande chance de impulsionar os negócios e elevar o nível da startup, ou um fim precoce por falta de money. Então na hora de apresentar o projeto vale tudo, certo? ERRADO!  

Nesta quarta-feira (14) a Securities and Exchange Commission (a comissão que acompanha o mercado financeiro nos Estados Unidos), divulgou um caso de “fraude elaborada” envolvendo a fundadora e executiva-chefe da startup Theranos, Elizabeth Holmes. Vamos usar esse case negativo para exemplificar os cuidados na hora de buscar um investidor.

A acusação por parte do SEC, contra Elizabeth Holmes e o ex-presidente da empresa Ramesh Sunny Balwai, é de que ambos teriam enganado investidores para que acreditassem que seu produto (um analisador de sangue portátil) poderia realizar exames de sangue abrangentes a partir de gotas de sangue. Com a promessa de revolucionar os exames de sangue a empresa chegou a captar US$ 700 milhões de investidores. A Theranos, uma empresa que prometeu o acesso dos consumidores a informações de saúde, era uma das grandes promessas do Vale do Silício e chegou a ser avaliada em US$ 9 bilhões.

A primeira vista claro que era um projeto muito atraente aos investidores, tudo seguindo o roteiro de uma startup que se tornaria uma empresa de sucesso em pouco tempo: Inovação, projeto diferenciado e benefício social através da tecnologia, um projeto tecnológico para otimizar tratamentos de saúde e mudar o mundo, bingo! O único problema é que a tecnologia prometida, não podia ser realizada.

Segundo a SEC, “a tecnologia poderia realizar 12 dos 200 exames que oferecia além de utilizar maquinários de terceiros”. Em 2015 apareceram as primeiras suspeitas sobre a companhia, que acabaram resultando na divulgação desta semana. Theranos e Elizabeth concordaram fazer um acordo de US$ 500 milhões para pôr fim à acusação, mas não admitiram nem negaram as alegações. Elizabeth também está cedendo seu controle na empresa e reduzindo sua participação acionária na companhia.

Moral da história, nunca prometa uma tecnologia ou serviço que você realmente não poderá oferecer. Na hora de buscar um investidor NÃO VALE TUDO! Fraude não é estratégia de venda e muito menos perfil de sucesso. Acredite no potencial da sua startup e apresente sua ideia para captar investimentos, mas sempre com transparência e compromisso.  




Por
16/03/2018

Jornalista graduado e apaixonado por comunicação! Conservador das boas práticas, aposto sempre em uma boa pesquisa, argumentos concretos e textos revisados (muitas vezes). Como jornalista atuei em rádio, TV, mídias digitais e impresso. Agora no time de comunicação da Rossi & Zorzanello Feiras e Empreendimentos estou em contato direto com grandes eventos, entre eles o FESTURIS e a Gramado Summit.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!