UCS inaugura novos ambientes de inovação


UCS inaugura novos ambientes de inovação

Seis amplas, personalizadas, com mezanino, mobiliário moderno e funcional. Nove estações de coworking, com capacidade total para 74 pessoas. Espaços de convivência e interação interno e externo e área de descompressão. Distribuídos em 915 metros quadrados, os novos ambientes de inovação do programa de geração de negócios inovadores StartUCS, ocupando todo o térreo do Bloco 59 do campus-sede da Universidade de Caxias do Sul, foram inaugurados em maio. O local também passa a abrigar as instalações administrativas do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação - TecnoUCS (o qual o StartUCS integra), disponibilizando espaços para incubação e instalação de empresas e organizações que desenvolverem projetos em cooperação com o parque.

A decoração e a ergonomia, com uso de cores, design e mobília característicos dos ambientes inovadores, estimulam a criatividade, a interação entre as pessoas e o compartilhamento de experiências entre os empreendimentos. “Os aspectos físicos têm a finalidade de materializar um conceito, uma filosofia inovadora e disruptiva que caracteriza o ecossistema de empreendedorismo e inovação da UCS”, define o coordenador-executivo do TecnoUCS, Enor Tonolli Jr.

Ambiente/ talento/ capital - Para apresentação dessa filosofia, Tonolli lança mão de duas tríades de conceitos que explicam como o StartUCS e o TecnoUCS funcionam e atuam a exemplo dos ecossistemas de empreendedorismo e inovação de todo o mundo.

Primeiro, em nível interno, ou seja, nas instâncias de incentivo à cultura empreenderora e à geração de novos negócios – casos do Programa de Empreendedorismo, do StartUCS e da Incubadora Tecnológica (ITEC-UCS) –, a funcionalidade do ecossistema de inovação da UCS ocorre a partir da combinação ambiente/ talento/ capital.

Assim, pontua Tonolli, a inauguração dos novos espaços no Bloco 59 coloca um ambiente com acesso à rede de pesquisadores, laboratórios, contatos e estrutura de produção de conhecimento da UCS à disposição do talento – os estudantes – da instituição. O quesito que faltava, o capital, será incorporado a partir desse ano, por meio de um acordo com a Ventiur, uma das maiores aceleradoras de negócios do Brasil, o que poderá colocar investimentos ao alcance dos empreendimentos surgidos no StartUCS (dos quais as startups são o modelo mais destacado) desde sua pré-aceleração, etapa que sucede a validação da ideia de negócio.

Tripla hélice - Já a atuação macro do TecnoUCS – que incluiu todas instâncias de inovação da Universidade e consolida o ecossistema inovador – volta-se especialmente à aplicação do conhecimento produzido da academia em benefício da sociedade. A conceituação para explicá-la ampara-se em outro trinômio, que forma o conceito de tripla hélice: universidade/ setor empresarial/ poder público agindo em conjunto para impulsionar o desenvolvimento.

Nesse contexto, os parques científicos-tecnológicos assumem a articulação entre as necessidades das empresas e o planejamento e desenvolvimento de soluções para elas pelas universidades (por meio de projetos de Pesquisa & Desenvolvimento), com a mediação e a regulação das condições legais pelo poder público. O posicionamento está alinhado à proposição do TecnoUCS de atuar para a ampliação e modernização da matriz econômica regional.​​

Coworking é aberto a projetos da comunidade

Embora faça parte dos ambientes do StartUCS, a utilização da área de coworking do Bloco 59 diferencia-se do programa por não exigir que o participante seja estudante, egresso, professor ou funcionário da UCS. Ou seja: qualquer pretendente a empreendedor com um notebook na mão e uma ideia na cabeça poderá se candidatar a instalar seu negócio no espaço.

O ingresso não é automático e a preferência continuará sendo da comunidade acadêmica. Contudo, um processo seletivo para demais interessados terá como critérios os mesmos utilizados para participação no StartUCS – a ideia de negócio deve ser inovadora e de base tecnológica. As vantagens, por sua vez, são as mesmas de quem está ou passou pela UCS: acesso à estrutura de pesquisa e à rede de conhecimento local, nacional e internacional que só uma instituição como uma Universidade é capaz de dispor.

Empresas residentes – Além das estações de coworking, os novos ambientes do ecossistema de inovação da UCS contam com salas para instalação de empresas – o que lhes permite o uso do endereço local no registro do CNPJ. Já são oito as residentes no local, todas originadas do StartUCS. Também é possível que empresas que ingressarem na Incubadora Tecnológica (ITEC), que conta com prédio próprio no campus-sede, aumentando-se assim a oferta dos serviços de incubação, que incluem suporte em capacitação gerencial e em captação de financiamento.




Por
02/07/2018

A Universidade de Caxias do Sul é uma Instituição Comunitária de Educação Superior (ICES), com atuação direta na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul. Tem como mantenedora a Fundação Universidade de Caxias do Sul, entidade jurídica de Direito Privado. É afiliada ao Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas - COMUNG; à Associação Brasileira das Universidades Comunitárias - ABRUC; ao Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras - CRUB; e ao Fórum das Instituições de Ensino Superior Gaúchas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!